Home Óculos: um case de empreendedorismo com propósito

“Estou mais motivada, entusiasmada com as novas experiências, tenho vontade de levantar da cama e ir trabalhar e ver a evolução do meu negócio. Antes não tinha nada disso, era totalmente desmotivada e sem prazer nenhum em fazer o que fazia. Sem perspectivas de futuro no meu emprego.” Estas foram as palavras de Lívia Galhardo, fundadora da ótica Home Óculos, quando perguntei qual foi a maior mudança que ela percebeu em sua vida depois de buscar um empreendedorismo com propósito com a ajuda do Business Academy.

 

A preocupação com a saúde ao buscar empreendedorismo com propósito

Ainda que estivesse insatisfeita com o emprego atual à época, o grande responsável por fazer com que Lívia procurasse um trabalho que lhe trouxesse mais satisfação foi o trânsito. “Tudo começou quando me mudei para um bairro distante do meu antigo trabalho. Além do estresse do trabalho, tinha também o estresse do trânsito. Coloquei na minha cabeça que se eu não mudasse agora, poderia adoecer e acabar com o relacionamento com meu noivo”, explica ela.

Lívia começou a pensar em buscar empreendedorismo com propósito a partir de um ponto de partida que é muito comum: a preocupação com a qualidade de vida. Quando nos imaginamos felizes e realizados, é muito difícil incluir nesse cenário de satisfação horas desperdiçadas dentro do carro para ir de um lugar a outro.

E a troca de endereço foi apenas o catalizador da necessidade de mudança para ela, que já sentia os níveis de ansiedade mais altos há algum tempo. “Vivia infeliz e ansiosa por não saber o que fazer da vida. Não sabia se continuava com o meu trabalho de optometria que eu já exercia há alguns anos, mas que não me agradava mais, ou se mudava de emprego e fazia algo que realmente me desse prazer”.

 

A compensatória jornada de empreender

Empreendedorismo com propósito Inovação e cases de sucesso - Home Óculos: um case de empreendedorismo com propósito - TGI TODAY

Lívia Galhardo, fundadora do e-commerce Home Óculos

 

E acabou que a necessidade de aproveitar mais e melhor o seu tempo, além da vontade de buscar empreendedorismo com propósito e novos desafios e possibilidades na vida, fez com que a Lívia optasse por se arriscar no mundo do empreendedorismo, mesmo que o medo de falhar ainda a acompanhasse.

“O medo de não dar certo foi meu principal empecilho. De trocar o certo pelo duvidoso. Mas penso que se não tentarmos nunca saberemos se dará certo. Por isso resolvi arriscar e ainda estou arriscando todas as minhas fichas nesse projeto”, conta ela.

E quando a insegurança e a incerteza de qual era o próximo passo apareceram, ela soube que precisava buscar orientações de como fazer com que a sua felicidade se materializasse na forma do negócio próprio ao buscar empreendedorismo com propósito.

“Procurei o Business Academy num momento muito difícil de indecisões, incertezas e medos. O curso foi bom para abrir minha mente, clarear minhas idéias e me fazer sentir uma imensa vontade de mudar de vida e me realizar profissionalmente”. A troca de ideias comigo e com os outros alunos da turma da qual participou também foram fatores decisivos para a Lívia, já que ver as experiências dos outros fez com que ela não se sentisse mais sozinha em suas dúvidas.

 

Propósito > Lucro

E tudo isso fez com que a Home Óculos saísse do papel e se tornasse a realidade profissional da Lívia. Hoje ela vê no e-commerce da sua ótica uma porta aberta para novas oportunidades. Além disso, ela também tem em vista a realização de novos projetos, que já estão saindo do forno.

Ainda assim, ela acredita que o dinheiro não deve ser a principal força que move o mundo. Para ela, não adianta ter um ótimo salário se você sai infeliz para trabalhar todos os dias. “Estou super animada com tudo. Temos que colocar na cabeça que não importa o quanto de dinheiro você ganha no seu trabalho. Claro que é importante, mas não é fundamental”, comenta ela.

É importante redefinirmos nossas prioridades e pesarmos se realmente vale a pena sentir que não tem um significado maior na vida. Mesmo que sua situação financeira esteja muito bem. “Se você tiver que passar uma vida fazendo algo que não te agrada, você será muito infeliz. E isso irá influenciar na sua relação com outras pessoas, inclusive familiares mais próximos. Um dia você pode até adoecer e terá que gastar todo o seu dinheiro em remédios. Até que ponto vale a pena? Faça o que te faz bem que o resto vem”, constata Lívia.

 

Você pode conhecer a ótica da Lívia clicando aqui!

Gostou de conhecer a história de mudança de vida da Lívia? Deixe para mim nos comentários o que está te impedindo hoje de entrar em ação! Assine também a nossa newsletter para receber os conteúdos do TGI Today em primeira mão no seu e-mail!

 

HUGS&KISSES

Ligia Costa

Comentários


Lígia Costa é empresária e especialista em planejamento.

LIGIA COSTA

Sou formada em Marketing pela Universidade Mackenzie, pós-graduada em Gestão Organizacional e em Relações Públicas pela Universidade de São Paulo (USP).

Saiba mais

Você está aqui porque acredita que hoje é o grande dia


É novo por aqui?

Faça parte do TGI Today