5 erros que impedem você de colocar seus planos em ação

Sentir insegurança na hora de tomar decisões importantes faz parte da vida. E ter dificuldades na hora de colocar seus planos em ação é totalmente normal. Isso porque fazer uma escolha sempre significa que algo precisa ser deixado de lado.

Mas sentir todas essas coisas nunca deve impedir que você trilhe seu caminho e busque seus sonhos. Ter medo de falhar não pode segurar você sempre no mesmo lugar. Nem sempre a estabilidade em um trabalho que você não gosta trará felicidade. Às vezes é preciso buscar propósito em novos desafios e empreitadas.

Foi o que aconteceu com a Livia Galhardo, fundadora da Home Óculos. “O medo de não dar certo foi meu principal empecilho. O medo de trocar o certo pelo duvidoso. Mas penso que se não tentarmos nunca saberemos se dará certo”. Contei um pouco mais da história dela e do seu empreendimento aqui.

A autossabotagem é um dos principais empecilhos no caminho de quem deseja colocar seus planos em ação. Não acreditar em si mesmo e em seu potencial impede muitas pessoas de realizar seus sonhos.

Você com certeza já sentiu que não era bom ou capaz o suficiente para realizar um desejo ou conquistar algo? Isso é autossabotagem e você pode praticá-la de várias formas no seu dia a dia sem nem perceber.

 

5 erros que impedem você de colocar seus planos em ação

Dentre todas as formas de impedir a si mesmo de conquistar um novo propósito e buscar novos desafios, listei 5 principais que acredito que me afligiram por muito tempo. É delas que você precisa se esquivar para colocar seus planos em ação agora.

 

1) Alto nível de exigência

Não conhecer os próprios limites e exigir demais de si mesmo. Este é um dos erros mais cometidos por quem deseja empreender, mudar de vida ou simplesmente colocar seus planos em ação.

Para que você esteja sempre bem e atinja seu potencial, é necessário saber até onde você pode ir. Tenha também a noção de até quais fronteiras a sua ideia ou empreendimento pode se estender. Nunca queira abraçar algo em volta do qual seus braços não se fechem.

 

2) Comparação com os outros

Aquele ditado antigo que diz “a grama do vizinho é sempre mais verde” é o que define este tópico. Nunca parecemos estar satisfeitos com aquilo que temos. E, por causa disso, estamos em constante comparação com os outros. Eles podem ser colegas de trabalho, amigos e até mesmo familiares.

Queira sempre ser menos como o outro e mais como a si próprio para colocar seus planos em ação. Cada pessoa é um indivíduo único e assim também funciona para empreendimentos e negócios com propósito.

 

3) Achar que é velho demais para começar

A idade muitas vezes é um obstáculo, especialmente quando falamos em começar algo novo. Isso porque, para muitas pessoas, a palavra “novo” é sinônimo de “arriscado”. E nem todo mundo acha que arriscar-se em algo diferente é uma coisa boa.

Nunca se é velho demais para começar a escrever uma nova história, gerir um novo negócio ou buscar um novo propósito em sua vida. Tudo isso pode acontecer quando você consegue colocar seus planos em ação.

Eu mesma já não tinha mais 20 anos quando precisei encarar o impasse da minha primeira demissão. Mas decidi que não ia deixar um par de números me impedir de investir em algo que eu gostasse de fazer.

E você também pode! Não é porque já passou dos 30, 40 ou 50 que já trilhou todos os caminhos possíveis que a vida reservou para você. Não se deixe intimidar pelo que os outros podem achar. Você pode e conseguirá colocar seus planos em ação.

O empreendedor digital Mauro Sato sintetizou bem o que empreender pode significar na sua vida, mesmo quando não se é mais tão jovem. “O ato [de empreender] abre a possibilidade de realizar algo com significado, que possa ser uma contribuição real, um legado para a vida, ajudando outras pessoas”, explica ele.

 

4) Falta de tempo

Parece que a principal moeda de troca do século 21 agora não é mais o dinheiro, mas, sim, o tempo. Sentir que a rotina nos esmaga e que nunca conseguiríamos encaixar um novo empreendimento em meio às tarefas é comum.

Mas isso não significa que seja verdade. A falta de tempo é uma das dificuldades mais comumente enfrentadas por mães empreendedoras, por exemplo. Mas elas sempre buscam gerenciar bem para que nem um minuto seja desperdiçado.

As arquitetas Sabrina Tironi e Daniele Rampasso e a administradora Patrizia Giongo explicaram em um texto que fiz sobre empreendedorismo e maternidade que o fato de o dia parecer não ter horas suficientes para dar conta de tudo é um dos principais vilões para as mulheres que querem vivenciar empreendedorismo e maternidade.

 

5) Não pensar no futuro

Viver um dia de cada vez é uma forma de levar a vida mais leve, mas no âmbito pessoal. Na vida profissional, é sempre importante projetar o futuro. E deixar isso de lado é um dos principais erros cometidos por quem quer colocar seus planos em ação.

Enxergue sempre no amanhã a possibilidade de colher os resultados plantados hoje. Mas nunca se esqueça de que o dia de hoje é sempre o melhor dia para começar a viver melhor e com mais propósito.

Como bem disse Eduardo Szpak, nutricionista e fundador da Alimente Saúde. “A diferença entre quem somos hoje e quem vamos nos tornar se dá em como usamos o agora. Uma hora utilizada diariamente para aprender algo novo ou para desenvolver sua ideia fará toda a diferença daqui uns anos”.

 

Gostou do texto e quer colocar seus planos em ação agora? Baixe o treinamento em áudio do TGI Today com 3 estratégias exclusivas para empreender com propósito! Comece agora a viver com mais significado!

Deixe para mim seu comentário e sua história de empreendedorismo com propósito, vou adorar lê-la!

HUGS & KISSES

Ligia Costa

Comentários


Lígia Costa é empresária e especialista em planejamento.

LIGIA COSTA

Sou formada em Marketing pela Universidade Mackenzie, pós-graduada em Gestão Organizacional e em Relações Públicas pela Universidade de São Paulo (USP).

Saiba mais

Você está aqui porque acredita que hoje é o grande dia


É novo por aqui?

Faça parte do TGI Today