5 dicas para conciliar trabalho e maternidade

A dupla jornada de trabalho faz parte da rotina de muitas mulheres em todo o mundo, inclusive da minha. Depois que você tem filhos, fazer adaptações e concessões no seu dia a dia é fundamental. Só assim é possível que você consiga conciliar trabalho e maternidade. E harmonizar esses dois aspectos pode ser bem simples se você souber o que fazer e por onde começar.

A chegada do primeiro filho é, de longe, a etapa mais desafiadora, já que tudo é novidade. Você e seu parceiro tem 0 experiência em cuidar de um bebê. Por mais que tenham treinado e lido durante a gestação. Mas mesmo após o fim da licença maternidade e a retomada da rotina de trabalho, é preciso saber gerenciar o seu tempo para conseguir dar conta de tudo.

Só quem é mãe e trabalha ao mesmo tempo sabe como é difícil querer ter mais tempo com seus filhos e sentir que não existe nenhuma janela na agenda para encaixar um passeio. Ou então saber que precisa focar no trabalho, mas ter que dar atenção aos filhos ao mesmo tempo.

Conciliar trabalho e maternidade pode ser difícil. E foi pensando nessa dificuldade inicial que eu e muitas mulheres enfrentamos ao nos tornarmos mães que tive a ideia de compartilhar com vocês algumas dicas para tornar essa dupla jornada mais fácil e prazerosa.

Dicas para conciliar trabalho e maternidade

É sempre importante lembrar que cada mulher vivência a maternidade à sua maneira. Por isso, dicas, rotinas e organizações que funcionam para uma, podem não dar tão certo para a outra. É fundamental aplicar e testar os métodos que melhor se encaixam no seu dia a dia.

Não existe certo ou errado na hora de conciliar trabalho e maternidade. O que importa é se funciona bem para você e para a sua família. Compartilho com vocês algumas coisas que deram certo para mim e que podem ajudar você.

1. Respeite o seu tempo

Você sempre estará sujeita a ouvir comentários do tipo “Nossa, mas fulana ficou só 3 meses de licença maternidade e já voltou a trabalhar”, “Ah, porque conheço ciclana que, mesmo amamentando em casa, deu um jeito de não abandonar o trabalho” ou então “Você não deveria voltar a trabalhar, precisa cuidar do seu filho”.

Cada mulher tem o seu tempo e é sempre importante lembrar que o período de 4 a 6 meses de licença maternidade é um direito seu, que deve ser respeitado para o seu bem estar e o do bebê também. Passado este período, cabe apenas a você e ao seu parceiro decidirem a melhor forma de voltar à rotina de trabalho ou não.

A arquiteta Luciana Bogiatzian teve mais tempo para passar com o seu bebê, mas mesmo assim não abandonou a carreira. “Eu pude parar de trabalhar… aproveitei a maternidade ao máximo. Mas cheguei num limite que precisava me ver de novo. Então new moms, tenham os seus bebês e foquem neles, mas nunca deixem a ideia de trabalho não existir, fazer planos, rever a profissão, pensar… É um ótimo momento para isso”, estimula ela.

2. Organize a sua rotina

Pode parecer besteira, mas é muito grande a quantidade de mulheres que acham que é possível ter uma rotina e vida equilibradas entre trabalho e maternidade sem organização. O seu tempo agora precisa ser administrado minuciosamente para que você consiga fazer tudo sem dar atenção demais ou de menos a uma das duas coisas.

Existem maneiras muito práticas de organizar a sua rotina que são fáceis de implementar e manter. Conte com o seu parceiro para sincronizar os compromissos de ambos para darem conta dos cuidados com o bebê. Se você for mãe solo, peça ajuda de pessoas próximas ou de profissionais (cuidadores ou creches) para ter um tempo de trabalho bem definido.

Algumas das ferramentas que podem ajudar a planejar melhor o seu dia são:

1) A boa e velha agenda de papel. Nela você pode anotar seus compromissos, datas importantes e tarefas do dia;

2) Uma agenda eletrônica. Você pode sincronizá-la no seu smartphone e ter seus lembretes sempre na palma da mão;

3) Notas autoadesivas espalhadas pela casa em lugares estratégicos para não esquecer nada (ex.: uma colada na porta da geladeira para não esquecer de montar o lanchinho do bebê);

4) Estabeleça metas claras e alcançáveis para você durante a semana;

“Tem muitas formas de se organizar, buscar alguma atividade que você tenha flexibilidade de horários, ter ajudantes, maridão tem que entrar na jogada de igual para igual. O mais importante é que o tempo que você passe com seu filho seja COM ELE, de corpo e alma. Pra mim ter outras tarefas além de ser mãe me aproxima mais deles!”, conta a arquiteta Sabrina Tironi.

3. Não tenha medo de pedir ajuda

Cuidar de uma criança, em especial de um recém-nascido, não é nada fácil. Por mais organizada e planejada que seja a rotina de trabalho da sua família. Por isso, é importante que você saiba que não precisa fazer tudo sozinha! Seu parceiro deve sempre participar das tarefas e necessidades do bebê tanto quanto você – especialmente depois que você não estiver mais amamentando.

“Não deixem de lado aquilo que realmente alimenta as suas vidas. Que estejam inteiras nas suas atividades (mãe, executiva, dona de casa…). Acho que o grande ponto é encontrar o equilíbrio em todas as mil funções que exercemos.”, explica a administradora Patrizia Giongo.

E você sempre pode contar com a ajuda de algum membro da família para ajudar com as tarefas domésticas nos primeiros meses. Ou cuidar do bebê ocasionalmente. A ajuda de profissionais também é fundamental neste período de adaptação. Assim é mais simples para você conciliar trabalho e maternidade.

Ao ter um cuidador em casa ou deixar o seu filho na escolinha, você sabe que ele está seguro e bem cuidado. Assim, consegue focar no trabalho integralmente e com tranquilidade.

4. Pratique o desapego

Além de profissional respeitada, você agora é mãe. Entenda que é muito difícil que a sua rotina volte a ser exatamente como era antes da gravidez e do nascimento do seu filho. Agora você precisa dividir-se entre as prioridades da carreira e da família e escolhas precisarão ser feitas com frequência.

Não seja aquela mãe que está no trabalho, mas liga a cada meia hora para casa ou para a escolinha para saber como está o filho. É difícil separar-se do bebê após o período de licença. Mas você deve mostrar que o trabalho também é importante para você. E a melhor maneira de fazer isso é ser a profissional focada que sempre foi.

“Se você quer manter seu trabalho, vá atrás do seu objetivo. Muitas vezes, com o nascimento dos filhos, a realidade do dia a dia no trabalho torna-se inviável e temos que remanejar nossa carreira. Não se prenda a rótulos, não engesse sua vida profissional. Olhe além e, se for necessário, desvie seu caminho por um tempo até você se sentir segura para retomar de forma plena seu trabalho”, estimula a pediatra Flávia Oliveira para que você consiga conciliar trabalho e maternidade.

Ao mesmo tempo, as necessidades do seu filho e da sua família também precisam ser levadas em conta. Com antecedência, deixe claro para o seu superior na empresa em que trabalha que você precisará participar de eventos e reuniões na escolinha do seu filho, por exemplo.

Estar presente nestas ocasiões é importante e comunicá-las com antecedência permite que você se planeje e não prejudique seu ritmo de trabalho ou sua relação com a família. Assim fica mais simples conciliar trabalho e maternidade.

5. Não se deixe desmotivar!

Ter exemplos de sucesso é sempre importante para que a gente não se deixe levar pelo desânimo. Para a arquiteta Daniele Rampasso, a chave é não desistir. “Vai ser difícil, muito cansativo, mas tenham a certeza que nós temos uma força interior muito grande. Quando acharem que não vão aguentar, parem um pouco, respirem, acalmem a mente e vocês verão que esse momento vai passar e descobrirão a força que têm para seguir”, sugere ela.

 

“Mantenha seu trabalho, suas atividades. Nós criamos os filhos para o mundo e eles têm de ser independentes. Além disso, os filhos têm muito orgulho quando suas mães trabalham e são bem resolvidas. Por isso, não fiquem com sentimento de culpa. Ninguém é perfeito e também não devemos ser.”

— Fátima Sousa, empresária


Gostou? Então comente, compartilhe e ative as notificações clicando no sininho ali no canto para receber novos textos em primeira mão no seu e-mail. Você também pode fazer parte da nossa lista VIP do WhatsApp! Mande “Sou VIP” para o número +55 11 95074-3084 e tenha no seu celular as novidades do TGI Today!

 

HUGS & KISSES

Ligia Costa

Atualizado em

Comentários

Faça parte do TGI Today