Planejamento de metas: será que você está no caminho certo?

Todos os momentos são oportunidades para realizarmos nossas metas. Normalmente início ou final de cada ano parece que a luz acende e diz: é hora de revisar, reavaliar, recomeçar e fazer um planejamento de metas. Ainda tenho alguns hábitos do mundo corporativo que adoro. Meu perfil pragmático de planejamento estratégico não me deixa esquecer dos momentos de reavaliação, feedbacks e compreensão do atingimento ou não de nossas metas.

Início do ano, portanto, é o momento ideal de fazermos um check point, avaliação sobre o que passou e o que ainda virá. Mas, antes gostaria de inspirá-los com uma frase do Dalai Lama que provoca enorme reflexão.

“Os homens perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde. E, por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de forma que acabam por não viver nem no presente nem no futuro. Vivem como se fossem morrer e morrem como se nunca tivessem vivido”.

Desde que assumi minha nova profissão, decidi que faria o que sempre fiz como gestora de multinacionais, porém, agora em larga escala.

Alguns devem estar se perguntando: Ligia, você não era Diretora de Marketing? Sim, eu era responsável pelas entregas e resultados de uma equipe. E aí tem uma curiosidade enorme. Conforme eu assumia papéis de liderança nas empresas, eu fui descobrindo que existia uma inversão de papéis. O meu foco passava a ser cada vez mais orquestrar equipes, que consequentemente fariam as entregas.

Portanto, a cada dia eu me tornava gestora do capital humano e o Marketing era o fim do processo, o resultado de um planejamento de pessoas. No meu entendimento, o meu papel era fazer com que todos os funcionários da equipe trabalhassem com altíssima performance, atingissem suas metas pessoais, contribuíssem com a meta da equipe e pensassem em seu plano de carreira.

Meu papel era viabilizar os planos de cada um dos funcionários, orientando e direcionando para que todos obtivessem sucesso pessoal e profissional. É exatamente isto que pretendo fazer hoje com vocês.

Sempre estimulo a todos para que realizem suas e façam o planejamento de metas. Inclusive montei um guia com o passo a passo de orientação para atingir suas metas com equilíbrio e alta performance que poderá ser encontrado aqui.

Ter metas em nossas vidas é de extrema importância. É ter visibilidade do que é importante. É definir o seu foco e, sobretudo, direcionar onde devemos colocar nossa energia e apostar nossas fichas.

Planejamento de metas do ano: algumas perguntas

Pergunta #1 – Quais atividades do seu Planejamento de Metas do ano passado que você cumpriu?

Pergunta  #2 – Existe alguma Meta que você não cumpriu? Por que desistiu? Como realizá-la? (Obs: Se você teve muitos bloqueios e dificuldades, procure um gestor, mentor ou até mesmo coaching para te ajudar).

Pergunta #3 – Quais foram os aprendizados positivos e onde você poderia ter feito melhor?

Pergunta #4 – O que você pretende para o ano novo? Quais suas metas revisadas?

Eu gosto de dizer que estamos saindo da era da tecnologia para entrar na era da humanização. Digo que a tecnologia nos trouxe o mundo, mas o mundo quem faz somos nós! Se não conhecermos e entendermos o que nos satisfaz, será difícil caminharmos nossos projetos.


Gostou? Então comente, compartilhe e ative as notificações clicando no sininho ali no canto para receber novos textos em primeira mão no seu e-mail. Você também pode fazer parte da nossa lista VIP do WhatsApp! Mande “Sou VIP” para o número +55 11 99819-2758 e tenha no seu celular as novidades do TGI Today!

Hugs & Kisses
Ligia Costa

Atualizado em

Comentários


Lígia Costa é empresária e especialista em planejamento.

LIGIA COSTA

Sou formada em Marketing pela Universidade Mackenzie, pós-graduada em Gestão Organizacional e em Relações Públicas pela Universidade de São Paulo (USP).

Saiba mais

Você está aqui porque acredita que hoje é o grande dia


É novo por aqui?

Faça parte do TGI Today